Seja Mudança. Assista o vídeo.

5 tendências pedagógicas para ficar de olho em 2020

A educação brasileira enfrenta uma série de desafios que colocam à prova métodos antigos de ensino e abrem cada vez mais espaço para as tendências pedagógicas. Para 2020, as nossas escolas precisam ficar de olho em novidades que envolvem, principalmente, a transformação digital, aprendizagem ativa e diversidade.

As tendências na educação podem ser consideradas estimativas sobre o que será essencial para as práticas pedagógicas nos próximos anos, a partir do que vem dando certo nas salas de aula atualmente. São mudanças e presunções que envolvem a relação professor-aluno, avanços tecnológicos na educação e novos planos para o ensino.

Para professores, coordenadores de escolas e outros profissionais da educação, as tendências pedagógicas são fundamentais para planejar estratégias escolares e saber como se manter em destaque no mercado. Continue lendo este artigo e entenda cinco tendências importantes!

1. Flexibilização curricular

Levar para a sala de aula temas em discussão na sociedade é uma das práticas que tendem a se reforçar nos próximos anos. É nisso que consiste a flexibilização curricular: trazer o debate sobre direitos humanos, sustentabilidade e igualdade social para junto das disciplinas tradicionais no currículo escolar.

O maior acesso a espaços livres de discussão no dia a dia, como as redes sociais, vem contribuindo para um perfil de aluno mais crítico e questionador, que prefere se desenvolver de forma mais flexível e contextualizada em seu percurso educativo. Esse cenário exige adaptações por parte das escolas, as quais precisam tornar suas abordagens mais diversificadas.

2. Educação inclusiva

O investimento em educação inclusiva parte do princípio de que todos merecem uma educação de qualidade. As escolas têm se preocupado cada vez mais com alunos especiais, adaptando seus espaços e qualificando os educadores para que o ensino seja adequado às necessidades desse público. Essa é uma das principais tendências pedagógicas para os próximos anos.

3. Aprendizagem ativa

Métodos de ensino tradicionais determinavam às crianças uma função passiva no processo de aprendizado na maior parte do tempo. O aluno era tido como aquele que apenas ia à escola absorver determinado conteúdo programático.

Hoje, as coisas mudaram. Valoriza-se muito mais um processo que permite praticar por mais tempo a aprendizagem ativa, tendo o aluno como parte integrante do processo de ensino e aprendizado. Essa abordagem prioriza o trabalho em equipe e o estímulo ao pensamento crítico.

4. Celular na sala de aula

Longe de ser um vilão dos professores, o celular é um ótimo recurso quando integrado ao processo de ensino. Cada vez mais cedo, os alunos possuem smartphone, tablet e outros dispositivos móveis com acesso à internet, o que abre a possibilidade de o professor utilizar, em atividades na sala de aula, recursos como livros digitais, pesquisas em sites de busca e aplicativos.

5. Gamificação

Outra tendência que une tecnologia e sala de aula é a técnica da gamificação. Trata-se do uso de elementos de jogos digitais para tornar o aprendizado mais dinâmico e estimular a interação entre os participantes.

Já existem programas que usam QR codes (sigla em inglês para quick response, ou “código de resposta rápida”, em português). Esses códigos de barras em 2D são facilmente escaneados por uma câmera de celular. Então, são convertidos em textos interativos nos dispositivos móveis e integram o participante ao jogo. Pistas, narrativas e fases são alguns dos elementos da gamificação que permitem ao aluno imergir nos assuntos!

Cabe ao professor se atualizar em relação às tendências pedagógicas e aprimorar suas dinâmicas em sala de aula. Essas são algumas das estratégias que acompanham o perfil do aluno contemporâneo. Por isso, devem servir de apoio para as práticas pedagógicas da escola.

Se essas informações foram úteis para você, ajude-nos a fazer com que elas cheguem a mais profissionais da educação. Basta compartilhar este artigo nas suas redes sociais!

COMPARTILHE ESTA HISTÓRIAShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe seu comentário