Seja Mudança. Assista o vídeo.

Como a escola pode lidar com grupos de pais no WhatsApp?

A popularização de aplicativos de mensagens instantâneas trouxe muitos benefícios para o nosso dia a dia, em casa e no trabalho. Até os grupos de pais começaram a utilizar a tecnologia para se reunir.

Na escola, é comum encontrar pais reunidos no WhatsApp, aplicativo mais popular do segmento no Brasil. Fazem isso para acompanhar a vida escolar dos filhos e compartilhar informações úteis no dia a dia

Porém, quando as mensagens passam a tratar de assuntos mais complexos e delicados a situação pode ficar complicada e causar desentendimento coletivo. A escola precisa se inteirar desse universo à parte da comunicação oficial para entender o que aconteceu e esclarecer a situação antes que se torne um problema. 

O WhatsApp é um meio de comunicação relativamente recente e seu crescimento acelerado dificulta definir qual seria a melhor maneira de usar a ferramenta para os grupos de pais. 

Nas conversas, são muitas pessoas discutindo simultaneamente assuntos que nem sempre têm relação com o objetivo do grupo. Mensagens são encaminhadas fora de seu contexto original, prejudicadas pela impulsividade característica do mundo digital. 

Dessa forma, a interpretação acaba ficando comprometida e os mal-entendidos espalham-se rapidamente. Quais ações a instituição de ensino pode ter para evitar que informações mal interpretadas se tornem verdades entre as famílias e prejudique a harmonia da comunidade escolar?

Novas tecnologias e a educação digital

Assim como no ambiente off-line, os grupos de pais no WhatsApp e demais canais digitais exigem um comportamento respeitoso. Isso deve ser guiado por regras implícitas de comunicação coletiva.

Porém, ao contrário dos meios off-line, cujos hábitos de uso se baseiam em décadas de experiência, os atuais aplicativos são de uso recente e suas boas práticas estão em processo de descoberta e desenvolvimento. 

Para promover uma cultura de respeito nos grupos de pais no WhatsApp, precisamos disseminar a educação digital. Como? Orientando e incentivando as pessoas para que se comuniquem na internet de forma responsável e consciente.

Afinal, já há algum tempo o mundo digital deixou de ser uma invenção inacessível. Atualmente, é uma ferramenta que faz parte das nossas relações sociais e, como tal, é melhor aproveitada quando usada com bom senso. 

O ideal é que a escola respeite o direito de expressão dos grupos de pais e não proíba o uso de nenhum canal de comunicação, mas incentive a adoção de uma conduta de cautela e respeito nos grupos.

Algumas regras básicas podem ajudar a evitar problemas:

  • Evitar divulgar informações pessoais nos grupos, como endereço da casa, local onde trabalha ou situação financeira. Se for necessário informar dados sensíveis, a conversa deve ser privada

  • Não encaminhar notícias tendenciosas ou polêmicas de fontes não verificadas. Mesmo que haja uma discussão posterior no grupo de pais questionando a veracidade da informação, algumas pessoas podem ler a mensagem, interpretá-la erroneamente e imediatamente encaminhar a outras pessoas, gerando uma corrente de fake news

  • Evitar fazer divulgação não solicitada de produtos ou serviços, principalmente quando não são relacionados ao tema do grupo

  • Ter cuidado ao expor questões pessoais do filho no grupo de pais, como boletins, pagamento de mensalidades e relacionamentos conflituosos na escola. O ideal é sempre procurar a gestão escolar antes e esclarecer as dúvidas. 

A importância dos canais oficiais de comunicação

As famílias podem recorrer aos grupos de pais no WhatsApp quando a escola não dispõe de um canal de comunicação suficientemente rápido e prático. Investir nesse tipo de recurso pode evitar a formação dos grupos ou ao menos a circulação de informações falsas, já que a comunicação oficial da escola estará sempre acessível ao alcance de todos. 

Uma boa ferramenta de comunicação escolar pode ser ainda um diferencial para a campanha de matrículas, destacando a instituição das concorrentes por conta dos benefícios e segurança desse recurso.

Outro cenário comum é que a escola disponha de uma ferramenta de comunicação, mas os pais não tenham conhecimento porque não é divulgada com frequência. 

grupo de pais: ferramentas online

É importante divulgar os canais oficiais de comunicação ao longo de todo o ano letivo e incentivar seu uso. Isso pode ser feito de diversas maneiras… Cartazes nos murais da escola em eventos com a presença das famílias, e-mails, comunicados, reunião de pais, entre outras situações. 

Quando a escola mantém uma comunicação clara e acessível, as famílias sentem-se mais seguras e esclarecem suas dúvidas diretamente por meio da gestão escolar, evitando assim os problemas com WhatsApp.

Apesar dos conflitos, os grupos de pais no WhatsApp são um canal útil para facilitar a comunicação coletiva e aproximar as famílias. 

Com medidas de incentivo para um uso mais consciente, o aplicativo deixa de ser inimigo da escola e torna-se um recurso prático no dia a dia.

Seja qual for o meio de comunicação escolhido, a prioridade é sempre manter um clima de aprendizado a favor do bem-estar e desenvolvimento dos alunos.

apoio pedagógico grupo de pais


Deixe seu comentário