Seja Mudança. Assista o vídeo.

4 estratégias para combater a evasão escolar

A educação é recheada de desafios para quem escolheu essa área de atuação profissional. Hoje, um dos maiores enfrentamentos para o qual a gestão escolar precisa arranjar soluções é, sem dúvidas, a evasão escolar. Mas você conhece as causas desse fenômeno? Onde investir para contornar o problema?

Antes de qualquer coisa, vale entender que o absenteísmo em sala de aula é uma realidade dura em milhares de escolas brasileiras. O Censo Escolar, pesquisa anual do Ministério da Educação (MEC), revela o aumento da evasão escolar no Brasil: desde o último censo, foram 1,3 milhão a menos de alunos matriculados, entre crianças e adolescentes.

Esse cenário merece a atenção dos gestores escolares. Quando a evasão toma grandes proporções numa instituição, é importante entender suas causas e buscar alternativas. Para ajudar você nessa tarefa, trouxemos aqui quatro ótimas estratégias. Acompanhe!

1. Mapeie os motivos da evasão escolar

Investigar o que está levando os alunos da sua instituição para fora das salas de aula é o primeiro passo para planejar alternativas que a equipe como um todo — dos gestores aos professores — pode adotar para resolver essa situação na instituição.

A infraestrutura não está de acordo com o que é prometido pela escola? Há problemas com o atendimento ao cliente? É a partir de um diagnóstico transparente que a gestão poderá resolver o problema da evasão.

Os alunos e seus responsáveis, assim como a equipe pedagógica e demais funcionários, podem ser incluídos na pesquisa. Deixar o canal de diálogo aberto com toda a comunidade é uma maneira inteligente de valorizá-la.

2. Realize projetos interdisciplinares

Projetos interdisciplinares tornam a relação de ensino e aprendizagem muito mais leve e proveitosa para todos os envolvidos. Os passeios escolares são ótimos exemplos de oportunidades de mesclar diferentes áreas do conhecimento em prol do engajamento do aluno.

Outra alternativa são as aulas no laboratório com a participação de educadores de diferentes áreas da ciência da natureza. Até mesmo a quadra poliesportiva pode virar um reduto de aprendizado durante as aulas de Educação Física.

A leitura também pode ser estimulada com uma abordagem interdisciplinar. Afinal, é por meio desse exercício que os alunos podem compreender o mundo ao redor. Explorar as diferentes preferências temáticas dos alunos os ajuda a se interessarem pela prática da leitura.

3. Estreite o relacionamento com os pais

Fomentar a inclusão dos pais na rotina escolar fortalece o compromisso que a escola estabeleceu com as famílias dos alunos, assim como também é uma maneira de evitar boatos e conflitos de interesses que eventualmente venham a prejudicar a imagem da instituição.

Essa política de aproximação pode ser construída a partir do esclarecimento sobre o desempenho escolar do aluno por parte dos pais. Outra ação interessante é entrar em contato com os responsáveis quando ocorrer a ausência do aluno no registro de aula.

4. Invista na capacitação dos educadores

O Censo Escolar, pesquisa citada aqui anteriormente, também revela a imensa precarização em relação à capacitação dos educadores brasileiros: 38,1% dos docentes de Ensino Médio não são licenciados nas áreas em que lecionam.

Esse exemplo demonstra que o aumento da evasão escolar no país anda de mãos dadas com o despreparo dos professores. Levando essa constatação para dentro de cada estabelecimento de ensino, o combate à evasão escolar passa por um investimento, por parte da gestão escolar, numa formação continuada do corpo docente.

Suporte a educadores que realizam cursos de especialização, cursos livres, palestras, rodas de diálogo, reuniões e outros investimentos desse tipo visam incentivar a compreensão e a prática de novas e melhores formas de abordar conteúdos em sala e adquirir a atenção dos pequenos.

Essas são algumas dicas para evitar e combater a evasão escolar nas instituições de ensino. Em cada caso, as variáveis podem mudar. Por isso, cabe à gestão a tarefa de investigar as raízes do problema e propor soluções transparentes, com a participação dos alunos e da equipe pedagógica da escola.

Agora que você conhece as principais estratégias para combater a evasão escolar, siga a SM Brasil nas redes sociais e acompanhe outras discussões importantes na área de educação. Estamos no Facebook, Instagram e YouTube.

Deixe seu comentário