Seja Mudança. Assista o vídeo.

Aprendizagem com projetos: aulas mais criativas e alunos engajados

A flexibilização do ensino e novos modelos de escola têm sido pautas comuns na discussão sobre os rumos da educação básica. As novas gerações são mais independentes e estão acostumadas a explorar o mundo virtual desde cedo, com as crianças sempre sujeitas a um grande volume de informações e estímulos. Ganhar a atenção do aluno na sala de aula e promover o aprendizado é um desafio cada vez maior.

É aqui que entra a metodologia de aprendizagem com projetos, que dá autonomia ao aluno e permite aprender enquanto soluciona desafios dos projetos ativamente, guiado por questões norteadoras sobre o funcionamento do mundo.

 “Os estudantes gostam de perguntas sem respostas”. A frase do educador indiano Sugata Mitra indica a essência do ensino instigador: a curiosidade. Para o aluno, é muito mais interessante ser movido por questões e problemas que o forcem a encontrar uma resposta do que receber conhecimento pronto para decorar.

A necessidade de engajamento do aluno e contextualização dos saberes mostra a relevância da aprendizagem com projetos, baseada em desafios motivadores que desenvolvem processos de reflexão e análise, atrelados às habilidades do século XXI. Esse processo gera conhecimento funcional e significativo.

Todos os componentes curriculares são trabalhados, de maneira integrada, em projetos que estimulam o descobrimento de si e sua interação com o meio; a convivência com colegas e professores; o desenvolvimento e a compreensão de visão do mundo; o respeito à natureza e ao meio ambiente e o estímulo da cidadania e das relações sociais.

Para o educador, o ensino com projetos integradores traz flexibilidade e dinamismo à prática docente. Como o aluno é o protagonista das atividades, o professor assume o papel de mediador, responsável por facilitar a organização da classe e o trabalho em equipe. Os projetos ainda contribuem para envolver o aluno nos temas e acontecimentos da sociedade para mostrar que o conhecimento está em todo lugar e é produzido nos mais diversos contextos.

O trabalho com projetos, especialmente no Ensino Fundamental, oferece um leque de possibilidades para que o professor desperte o interesse dos alunos, não apenas pelos componentes curriculares em si, mas principalmente pelo prazer em aprender.

Em parceria com a Editora Evoluir, a coleção “Aprendendo com Projetos” promove o desenvolvimento cognitivo e social dos alunos a partir da aprendizagem baseada em projetos, totalmente alinhada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

A coleção é composta por cinco volumes, apresentando projetos integradores para os cinco anos iniciais do Ensino Fundamental. Eles foram elaborados de forma a promover uma sequência didática, apresentando, assim, um nível crescente de complexidade à medida que o aluno avança nos anos escolares.

Para saber mais sobre a coleção clique aqui.

#AEducacaoNosMove #BeNeCeCi

COMPARTILHE ESTA HISTÓRIAShare on FacebookTweet about this on Twitter

4 Comentários

Rogério Cirilo escreveu:

Gostei muito. Parabéns!


Deixe seu comentário